Banner Educar


Laticínio Estação impulsiona vocação agropecuária de Parauapebas

Laticínio Estação impulsiona vocação agropecuária de Parauapebas
Representantes da Vale estiveram visitando o escritório do Portal Pebinha de Açúcar e apresentaram as novidades ao jornalista Bariloche Silva

O total de 4,1mil litros de leite por dia são processados atualmente pelo Laticínio Estação na Apa do Gelado. A matéria-prima vem de quase uma centena de produtores de leite de Parauapebas, que é transformada em queijo e manteiga. A atividade favorece uma outra vocação econômica do município, a produção agropecuária. A unidade é mantida pela Fundação Vale e Vale, e conta com a parceria da Associação dos Produtores Rurais locais.

São cerca de 12 mil quilos de queijos muçarela e minas frescal e 216 kg de manteiga produzidos por mês. A produção é fruto do trabalho e dedicação de produtores de oitos comunidade locais: APA do Gelado, Palmares I, Palmares II, Sansão, Paulo Fonteles, Gameleira, Valentim Serra e Albanir.

Um dos resultados é a geração de trabalho e renda para as 90 famílias de produtores. Somente de janeiro a dezembro de 2017, foi pago mais de R$ 1 milhão de reais com a aquisição de leite na região. A ideia é ampliar o mix de produtos, o que irá depender também do aumento da coleta e abertura de mercado, além da visão empreendedora dos produtores sobre os seus negócios.

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!