Publicidade

Mulher denuncia ao Corpo de Bombeiros que foi vítima de esfaqueamento

Francisca das Chagas procurou na manhã desta quarta-feira (7) o quartel do Corpo de Bombeiros, no Bairro Beira Rio, em Parauapebas, para denunciar que foi vítima de esfaqueamento na mão, na barriga e teve um dos braços quebrados.

A mulher acusa como autor da violência Leandro Silva Santos, 35 anos, que ocupa um barraco localizado num terreno baldio ao lado do quartel do Corpo de Bombeiros, onde funcionava o escritório da antiga empresa Paranasa.


O cabo BM Braga confirma que a mulher chegou ao quartel com braço quebrado e outros ferimentos, esfaqueada na mão e na barriga, denunciando que foi vítima de Leandro Santos.

Diante da denúncia, uma guarnição do Corpo de Bombeiros conduziu Francisca das Chagas para o Hospital Municipal de Parauapebas e Leandro Santos para 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde prestou depoimento e foi recolhido ao xadrez.

De acordo ainda com informações colhidas junto ao cabo BM Braga, Leandro Santos é soro positivo e é acostumado a fazer assalto no Terminal Rodoviário de Parauapebas, na companhia de outros indivíduos que se amalocam no terreno próximo do Corpo de Bombeiros.

Leandro Silva Santos – Acusado

 

Mulher retirou a denúncia

Para a surpresa das autoridades policiais, após receber os cuidados médicos, Francisca das Chagas foi até a Delegacia de Polícia Civil e pediu para que o delegado responsável pelo caso retirasse a queixa dela contra o agressor, alegando que voltaria a ter um relacionamento amoroso com ele.

O delegado do caso ficou de avaliar a situação, uma vez que pela Lei Maria da Penha, mesmo a mulher não querendo registrar queixa, se houver flagrante, o acusado é autuado pela agressão.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu