Banner Educar


Parfor inicia novas turmas no polo Parauapebas

Parfor inicia novas turmas no polo Parauapebas

Os professores da rede municipal de ensino que estudam nos cursos oferecidos pelo Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (Parfor) iniciaram uma nova etapa da formação no dia 1º de julho. Além das antigas turmas, esse mês o polo de Parauapebas que atende mais 11 municípios iniciou mais duas novas turmas nos cursos de Pedagogia e Letras-Inglês. As licenciaturas são ofertadas pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

Nesta etapa, as aulas acontecerão até 10 de agosto, de segunda-feira a sábado, nos seguintes locais: escola Chico Medes, Centro Universitário de Parauapebas e Espaço Pedagógico.

O polo de Parauapebas já oferta também os cursos de Educação Física, pela Universidade Estadual do Pará (Uepa); Ciência da Computação e Ciências Naturais, pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra); e pedagogia, letras e física, pela UFPA.

Cerca de 200 alunos são professores da rede municipal de ensino de Parauapebas, como a professora de educação infantil, Lucilene Sales, que viu no Parfor uma oportunidade de concluir o ensino superior.

A aluna do 6º semestre do curso de ciências naturais conta que escolheu o curso por falta de opção, mas logo se identificou. “No início, fiquei com medo de não gostar, mas logo percebi que tinha feito a escolha certa. Acho o curso muito interessante, passei a ter outra visão e conhecimento de assuntos ambientais, algo que nunca tinha parado pra pensar. Depois de começar a estudar, passei a me interessar por outras áreas da educação”, declarou a professora da escola Despertando o Saber.

Em 2011, o polo de Parauapebas formou, através da Uepa, a primeira turma do Parfor no curso de educação física. O programa é resultado da ação conjunta do MEC, de Instituições Públicas de Educação Superior (IPES) e das secretarias de Educação dos municípios.

O plano foi criado para promover a oferta de educação superior, gratuita e de qualidade, para professores em exercício na rede pública de educação básica. O objetivo é oferecer aos profissionais a formação exigida pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).

Reportagem: Liliane Diniz / Foto: Irisvelton Silva

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!