Publicidade

Prefeitura apresenta para comunidade o Plano de remanejamento das famílias do “Alto Bonito”

Mais de 200 famílias da Área de Preservação Permanente do Projeto Alto Bonito, área também conhecida como “Baixão”, participaram da reunião realizada quarta-feira (09) pela Secretaria Municipal de Habitação. Na ocasião a Sehab apresentou o Plano de Remanejamento destinado às famílias da referida área.

No Plano de Remanejamento apresentado pela Secretaria, o Governo Municipal propõe medidas compensatórias e os moradores que se comprometem em desocupar a área de forma pacífica.


No Plano são ofertadas 3 (três) opções distintas para a comunidade, obedecendo a seleção por grupo familiar. Exemplo: Famílias numerosas, casais sem filhos e solteiros.

Para cada grupo há uma proposta diferente, mas todos os grupos sem distinção, tem garantido o direito à moradia, ou seja, podem receber uma Unidade Habitacional.

Além desses benefícios os moradores também receberão indenização pelas benfeitorias no local e mais o pagamento de auxílio aluguel no valor de R$ 400,00 até o dia que receberem a Unidade Habitacional.

Abaixo tabela com detalhes do Plano

PROPOSTA DESTINADA OPÇÕES  
Famílias com portadores de necessidades especiais

Idosos (a partir de 60 anos)

Famílias a partir de 3 componentes

 

01 Casa em um dos programas habitacionais Minha Casa Minha Vida ou Projeto Habitacional com recurso próprio – (Vale do Sol  ou Vila Nova);

01 Apartamento no Residencial Alto Bonito.

 

 
Famílias com  2 componentes (casal)

 

Casa no Residencial Vale do Sol

Apartamento no Residencial Alto Bonito

 

 
Solteiros Apartamento no Residencial Alto Bonito  
Obs: TODOS OS MORADORES INCLUSOS NO PROJETO, INDEPENDENTE DA OPÇÃO ESCOLHIDA NO PLANO DE ADESÃO,  TERÃO DIREITO A INDENIZAÇÃO  PELAS  BENFEITORIAS.

 

Durante a reunião também foi apresentado aos moradores as imagens dos projetos oferecidos, bem como uma projeção em 3D do Residencial Alto Bonito.

Secretária de Habitação Maquivalda Barros explicou passo a passo o processo aos populares
Secretária de Habitação Maquivalda Barros explicou passo a passo o processo aos populares

Após a apresentação das opções do Plano e o cronograma de atividades para o Remanejamento a Secretaria Maquivalda concedeu espaço para esclarecimentos. Nesse momento os moradores questionaram principalmente porque o Governo não incluiu na proposta a opção de doação de Lote Urbanizado.

Na ocasião o senhor Tony (sobrenome não identificado) se apresentou como representante da comunidade e declarou que vai lutar para que os moradores tenham direito ao Lote. Além de incitar a comunidade contra o Governo Municipal e as propostas oferecidas ele também convocou os moradores a segui-lo na decisão de se retirar do local. Pelo menos metade do público presente o seguiu e os demais continuaram interessados em discutir as propostas apresentadas.

Por fim a Secretaria de Habitação informou aos moradores que a partir de 14 deste mês eles poderão assinar o termo de acordo para adesão ao Plano de Remanejamento e disponibilizou o período da tarde no Setor de Cadastro para atendimento exclusivo aos referidos moradores.

Fotos: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu