Publicidade

Professores concluem curso de Formação em Educação Ambiental e Cidadania

 

Durante as últimas quinta e sexta-feiras (20 e 21), vinte e dois professores das redes municipal e estadual de ensino concluíram o Curso de Formação de Professores em Educação Ambiental e Cidadania ofertado pelo Centro de Educação Ambiental de Parauapebas (Ceap). O evento que contou com apresentação de projetos e certificação dos participantes aconteceu no Auditório do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).


O Projeto Formação de Professores em Educação Ambiental e Cidadania (PFP), que tem como objetivo propiciar aos docentes conhecimentos na temática da Educação Ambiental, além da aquisição de habilidades e competências para o desenvolvimento de práticas pedagógicas, preservação e utilização de recursos naturais de forma sustentável, foi implantado no município em 2006. Ele possui uma carga horária de 120 horas, divididas em três módulos: teórico, prático e o desenvolvimento e aplicação de um projeto voltado para educação ambiental.
Para Andrea Siqueira, bióloga e professora de Ecologia da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) “A proposta é que além da parte teórica o aluno tenha a possibilidade de experienciar a biodiversidade e as questões ambientais urbanas locais, para que a partir de então ele consiga munir-se de ferramentas para sensibilizar os alunos nos processos de educação ambiental”.

Os Projetos
Dentre os projetos apresentados estava: “Água, um bem de todos! Torneiras Ecológicas Já”, aplicado na Escola Municipal de Ensino Fundamental Carlos Henrique. De acordo com a professora Marinalva Gomes dos Santos, uma das idealizadoras, ele foi tão bem recebido e aproveitado que muito em breve a escola será beneficiada com torneiras com sensor. “A verba para a aquisição já foi pré-estabelecida, estamos só aguardando a sua deliberação”, afirma Marinalva.

O Centro de Ensino Personalizado de Educação de Jovens e Adultos (Cepeja) também foi beneficiado com o curso, uma vez que, três de seus professores desenvolveram o projeto: “A redução de papel e descartáveis no ambiente escolar”. Segundo o educador Clovis Laerdson houve a redução de 70% no uso de descartáveis e 50% na utilização de papel no Centro.
De acordo com coordenador do Ceap, Miguel Ângelo Soares Miléo, todos os concluintes da formação estão de parabéns, principalmente pelos resultados obtidos com a aplicação dos projetos, contudo, ele adverte “vocês venceram uma etapa, e o fizeram muito bem, mas vale lembrar que essa luta pela educação ambiental deve ser uma constante, principalmente nas escolas”.
A formação é realizado por meio de parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, por meio do Centro de Educação Ambiental, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Universidade Federal do Pará (UFPA).

Reportagem e foto: Messania Cardoso

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu