Publicidade

Vereador Pavão diz que regimento da Câmara de Parauapebas “não vale merda nenhuma”

Depois de criticar o governo quase todas as vezes que usa a Tribuna na Câmara Municipal de Parauapebas (CMP), o vereador José Francisco Amaral Pavão (SDD), deste vez, resolveu cortar na própria carne e criticar o parlamento do qual faz parte.

Em sua fala durante o período de 10 minutos no “grande expediente”, o vereador pediu reformas urgentes no Regimento Interno daquela Casa de Leis, sugerindo que o presidente abra espaço para que todos os membros do parlamento municipal participe; já que, como disse ele, o presidente Ivanaldo Braz apenas “dita as regras”, e quem quiser que o acompanhe.


Confira as duras críticas que o vereador Pavão fez ao regulamento e ao presidente da Câmara de Parauapebas:

“Presidente eu me considero seu amigo, mas Vossa Excelência não pode tomar uma decisão monárquica. Estamos em uma Casa de Leis, não é o Brasil no tempo do império quando o rei mandava sozinho, não presidente”.

“Vossa excelência tem direito de administrar esta Casa, pois para isso o escolhemos. Agora a decisão não é monárquica, eu mando e vocês aí embaixo obedecem”.

“É o regimento quem diz a diretriz que vamos tomar nesta casa. Agora se rasgaram o regimento, não é problema meu; eu preciso que aqui nesta casa, cumpra-se o que é Lei: Lei Orgânica é o nosso Regimento que tenho tanto carinho por ele, mas não vale MERDA NENHUMA O REGIMENTO DA CASA DE LEI, infelizmente, por isso que o prefeito não presta contas a esta casa”.

Em contato com Ivanaldo Braz (SDD), atual presidente da Câmara de Parauapebas, ele afirmou à equipe de reportagem do Portal Pebinha de Açúcar que todas as decisões tomadas por ele na presidência da Casa de Leis, estão de acordo com o regimento que todos os parlamentares têm a acesso. “Não estamos aqui para brincar de sermos vereadores, todas as ações que tomo à frente da presidência, são feitas de acordo com o regimento interno e de forma alguma irei permitir que o nosso regimento seja rasgado ou desrespeitado por qualquer um dos vereadores, seja de oposição ou não ao atual prefeito”, relatou Braz, afirmando que a presidência irá criar um Conselho de Ética para julgar declarações polêmicas e atitudes como esta tomada pelo vereador Pavão durante discurso na Tribuna da Câmara de Parauapebas.

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Ozeias Cabral

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu