Publicidade
Destaques

Vídeo monitoramento volta a funcionar parcialmente em Parauapebas

Sendo considerado os olhos da Polícia e a confiança da população o sistema de vídeo monitoramento de Parauapebas, também chamado de Centro de Controle e Operações (CCO) voltou a funcionar na tarde de ontem, 5, quinta-feira.

As informações são da SEMSI – Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão, detalhando que o motivo do não funcionamento do sistema desde o dia 20 de dezembro foi o encerramento do contrato com a empresa que dava manutenção no mesmo.

De acordo com o Secretário Municipal de Segurança, Michael Gomes, o restabelecimento do CCO ocupou primeiro lugar na lista da agenda de trabalho de sua equipe, seguido das manutenções dos radares de controle de velocidade e a revitalização das faixas de pedestres e sinalização vertical das vias. Outa prioridade de Michael Gomes, é dar visibilidade para a Guarda Municipal, criando rotina de permanência nos logradouros públicos de maior movimentação de pessoas.

Michael diz ainda querer retomar as reuniões do GGI-M (Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública Municipal, ato que pretende realizar no início de fevereiro.

O primeiro ponto da agenda de trabalhos já foi efetuado e de acordo com a assessoria da SEMSI – Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão, ao por em funcionamento 75% das Câmeras que compõem o sistema,  e as demais voltam à sua normalidade até o dia 15 de fevereiro; em resumo 55 das 88 câmeras já estão de olho na criminalidade.

Quanto aos cadeirantes que operavam o sistema, a SEMSI informou que já foram convidados a renovar seus respectivos contratos. “O restabelecimento do sistema foi priorizado nas principais vias onde há maior fluxo de pessoas e transações comerciais e financeiras como, por exemplo, ruas comerciais e proximidades de agências bancárias”, detalhou Michael Gomes, afirmando que irá defender ainda as parcerias com os órgãos de segurança para a realização de blitz que terão como objetivo, segundo ele, coibir a criminalidade e oferecer mais segurança aos cidadãos de bem.

Avaliação da polícia – Qualificado pelo comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, Tenente Coronel Pedro, como imprescindíveis; e cita dois pontos como fundamentais: O CCO fecha uma linha de raciocínio junto com o Disk Denúncia, podendo fazer a prevenção de qualquer ocorrência criminal com antecipação; serve ainda como imagens para instruir os inquéritos da polícia civil. “Após o crime cometido é notório que os delegados enviem expedientes pedindo as imagens para se certificar do praticante”, conta o comandante, acrescentando que o mesmo fazem os juízes.

O coronel Pedro conta que se reuniu com o secretário municipal de segurança, Michael Gomes, e com o prefeito Darci Lermen, respectivamente, e contou a eles da necessidade de implementações e melhorias e cita a ampliação do alcance das câmeras bem com da melhoria da qualidade das mesmas.

O motivo apresentado pelo militar é que algumas câmeras a noite são encandeadas pelos faróis dos veículos o que impossibilita a plotagem das respectivas placas dificultando assim a identificação do mesmo.

Para resumir a importância do equipamento ele cita, com exemplo, o fugitivo do presídio de Pedrinhas – MA, preso aqui em Parauapebas; ele garante que foi graças à câmera instalada na entrada da cidade a qual transmitiu ao CCO a imagem da placa e com um cerco promovido pela Polícia Militar foi possível sua recaptura. “Precisamos ampliar a instalação de câmeras para outros bairros. Sei que isso tem alto custo, mas o benefício justifica o investimento”, conclui Coronel Pedro.

 

A Agenda de Trabalho é discutida com a equipe

Para Michael Gomes, a segurança da população é importante 

Elas estão espalhadas por várias partes da cidade

O CCO continua no 23º BPM

A recuperação do CCO foi priorizada

Os cadeirantes voltam a operar o sistema

 

Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing LTDA-ME
CNPJ: 05.200.883.0001-05 Parauapebas-Pará-Brasil
(94) 3356-0260 | (94) 981342558

Todos os direitos reservados © 2017 Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing Ltda-ME
Desenvolvimento Web: Agência Maktub

To Top