Publicidade
Política

Deputado relata as ações do Ibama no sul do Pará

Foto: Ascom/Gesmar Costa

O deputado Gesmar Costa ocupou a tribuna na Assembleia Legislativa na manhã da última terça-feira, 24, para falar das ações do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), nos municípios de Ourilândia e Tucumã.

Segundo o parlamentar, a rodovia PA-279 foi interditada por garimpeiros em protesto a ação do Ibama quando ateou fogo em maquinários e balsas na região. “Nós temos que reagir, não podemos aceitar isso pacificamente, batendo palma, enquanto no interior do Estado o Ibama faz o que quer. Não é de hoje que ouvimos relatos de deputados denunciando o Instituto e não fazemos nada”, relatou.
Gesmar que anda pelos interiores, ouve muitos relatos dos prefeitos, empresários e comunidade em geral a respeito das condutas do órgão em território paraense.

O político também fala sobre a regulamentação das áreas mineradoras que para ele as grandes empresas de mineração não se preocupam com a geração de emprego e renda. Um fato preocupante para o deputado já que no ano passado cerca de 72 mil funcionários com carteira assinada foram demitidos. Além da crise econômica no setor madeireiro no Pará, o Ibama ainda quer limitar o aproveitamento da madeira em 35%. “Sou iniciante nesse Parlamento, mas a frustração é muito grande. Parece que nós não temos força alguma, que só falamos e não passa disso”, lamentou e propôs aos demais deputados criar uma comissão para visitar as regiões prejudicadas e tomar devidas providências.

O deputado aproveitou o discurso para comentar da sessão que a Alepa realizará na próxima segunda-feira, 30, onde o Parlamento discutirá os assuntos relacionados a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca).

Publicidade
Publicidade

Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing LTDA-ME
CNPJ: 05.200.883.0001-05 Parauapebas-Pará-Brasil
(94) 99121-9293 | (94) 981342558

Todos os direitos reservados © 2017 Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing Ltda-ME
Desenvolvimento Web: Agência Maktub

To Top
error: Reprodução proibida!