Publicidade

Grupo F.O prestigia palestras do Saaep sobre Dia Mundial da Água

Cerca de 20 integrantes do grupo Formadores de Opinião (FO) marcaram presença na noite de sexta-feira (21) no auditório da Câmara Municipal para prestigiar duas palestras alusivas ao Dia Mundial da Água, que transcorre no dia 22 de março.

Para quem não sabe, o FO, que se comunica por meio da ferramenta WhatsApp, via celular, é formado por jornalistas, comunicadores, empresários, políticos, sindicalistas, servidores públicos, gestores municipais, desportistas e outros.


O evento teve como tema “Água, bem de todos. Preserve-a!”, foi organizado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep) e teve como palestrantes a bióloga Mariana Leal Sá Carvalho, com o tema “A água e a importância de sua preservação”, e o engenheiro hidrólogo Marcos Correntino, que discorreu sobre “Recursos hídricos”.
A mesa foi composta por Gesmar Costa, gestor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep); secretários municipais de Meio Ambiente, Zoêno Silva, e de Educação, Juliana de Souza; vereador Odilon Rocha; e Miguel Ângelo, coordenador do Centro de Educação Ambiental de Parauapebas (Ceap).
Odilon Rocha fez questão de parabenizar não só a capacidade administrativa do prefeito Valmir Mariano, como também elogiou o gestor do Saaep e sua equipe, que em pouco tempo de gestão frente à autarquia praticamente solucionaram o problema de abastecimento de água na cidade.

Ao fazer uso da palavra, Gesmar Costa agradeceu os elogios, lembrou aos presentes a situação em que recebeu a autarquia, fez um resumo dos trabalhos que vêm sendo executados para levar água tratada à população e reconheceu o empenho de todos os servidores do órgão.

No final de sua fala, o gestor do Saaep apresentou um mascote da autarquia (no formato de caixa d’água) e anunciou o concurso para a escolha do nome do mesmo, que acontecerá entre os alunos do ensino fundamental da rede pública municipal, cujo resultado será anunciado no aniversário da cidade, dia 10 de maio.
Os dois palestrantes foram enfáticos em afirmar que cuidar da água não é tarefa só para o poder público, mas também para todos os habitantes do planeta, que dependem dela para sobrevivência.

Segundo a organização do evento, cerca de 500 pessoas marcaram presença no auditório da Câmara Municipal para prestigiar as duas palestras, a maioria formada por pessoas do povo, pois poucas autoridades compareceram ao evento.
Após o encerramento da palestra, houve a entrega de certificados de participação a algumas pessoas presentes e coffee break oferecido às pessoas presentes.

Reportagem: Waldyr Silva
Foto: Bariloche Silva

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu