Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Em Curionópolis, pesquisa aponta que Mariana Chamon subiu e chega a quase 50%

Mais um levantamento do Instituto Gauss, com resultado liberado neste domingo (25), mostra Mariana Chamon (MDB) com ampla liderança, agora com 48,78% da preferência do eleitorado, para prefeita de Curionópolis.

Em pesquisa da semana passada, da Doxa, ela aparecia com 45,9%. Na de hoje, o atual prefeito, Adonei Aguiar (DEM), continua em segundo, com 26,83%. Valdeir do União (CID) é o terceiro colocado, com 12,20%, seguido de Gildásio Borges (PSD), com 2,93%; e Joel Senna (PDT), com apenas 0,49%. Júlio Amaral (PSL) não pontuou.

No universo de pessoas ouvidas, 7,30% disseram não saber em quem vão votar ou não responderam.

 

A pesquisa da Gauss foi encomendada pelo Portal Pebinha de Açúcar e ouviu 205 eleitores de Curionópolis no dia 21 de outubro. Nesta nova pesquisa a margem de erro é de 3,5 pontos para mais ou para menos e 95% de nível de confiança. Está registrada no TRE-PA-05430/2020.

ESPONTÂNEA
Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados ao eleitor os nomes dos candidatos, Mariana também lidera, desta vez com 43,9%. Adonei tem 24,39%, Valdeir 9,76%, Gildásio 1,95% e Joel Senna com 0,49%. Júlio Amaral não foi citado. Outros 19,51% disseram que não sabem em quem vão votar ou não quiseram opinar.

 

CANDIDATOS E COLIGAÇÕES
Mariana Chamon é jornalista e concorre a prefeita de Curionópolis pelo MDB, na coligação “Trabalho e desenvolvimento”, formada também pelos partidos: PL e AVANTE; Adonei Aguiar é do Democratas, é o atual prefeito. Ele concorre na coligação “Liberdade e justiça social”, com o partido PSDB; Gildásio é vereador na cidade e concorre pelo PSD, na coligação “Juntos por Curionópolis”, com o PRTB de aliado; Joel Senna é do PDT, sem partidos coligados; o mesmo acontece com Júlio Amaral, do PSL; Valdeir do União, está no partido Cidadania, e não tem coligados.

Obras de revitalização do estacionamento da Portaria de Carajás começam nesta terça-feira

A desmobilização dos comerciantes e ambulantes que trabalham na área do estacionamento público, localizado na Portaria de Acesso à Carajás, foi iniciada pelas equipes das secretarias municipais de Serviços Urbanos (Semurb) e Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi). O objetivo é liberar o espaço para o início das obras que vão possibilitar melhor tráfego de veículos no local.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras (Semob), os trabalhos de revitalização do espaço começam amanhã, 27.

O local passará a ter quiosques padronizados e um estacionamento mais bem organizado. A obra é resultado de um convênio entre a Prefeitura de Parauapebas e a mineradora Vale.

Para a realização da obra foi desenvolvido todo um planejamento contemplando a organização geral do local, a fluidez e segurança no trânsito, as sinalizações horizontal e vertical, espaços para realocação das barracas dos feirantes, pontos de parada dos transportes coletivos, pontos de táxi e moto-táxi e espaço rotativo.

1ª Inspetoria Preventiva Comunitária da Guarda Municipal será inaugurada nesta terça-feira (27)

Nesta terca-feira (27), às 17h30, será inaugurada, na praça do Loteamento Alvorá – Cipasa, a 1ª Inspetoria Preventiva Comunitária (IPC) da Guarda Municipal de Parauapebas, que funcionará diuturnamente, com viaturas realizando o patrulhamento 24h por dia na região.

A Inspetoria Comunitária é uma subdivisão da Guarda Municipal de Parauapebas, que abrange especificamente os bairros Nova Carajás, Alvorá, Amazônia e Novo Brasil.

O objetivo é estabelecer uma relação mais aproximada com a sociedade e, prestar um melhor atendimento à população dessa região.

O local será administrado pelo Inspetor da GMP, Gieco Lúcio Santos de Oliveira, responsável pela região de abrangência, pela orientação das viaturas do setor em patrulha, pelo recebimento das ocorrências/denúncias feitas por moradores e demais pessoas que frequentam às áreas de lazer destes locais.

“A ideia de criação da 1ª Inspetoria Comunitária surgiu a partir do levantamento das principais necessidades da população desta região, garantindo, prioritariamente, a segurança e promovendo também o trabalho comunitário”, afirma o inspetor.

O Coordenador de Operações da GMP, Anderson Oliveira, fala da importância desse trabalho, “é fundamental cuidar dos munícipes e, manter a proteção e segurança da coletividade, realizando o patrulhamento em prédios públicos como escolas municipais, estaduais, praças, campos poliesportivos, centros sociais, unidades de saúde e parques na região”.

A praça, conhecida como “Cipasa”, se tornou uma das opções de esporte e lazer mais procuradas no município, pois conta com uma estrutura composta por quadras, campo de futebol, áreas verdes, playground ciclovia e quiosques.

O local recebe diariamente diversas pessoas, de diferentes faixas etárias e, no final de semana, o movimento é ainda maior.

“Algumas praças da cidade deixaram de ser frequentadas por muitas famílias, devido ao índice elevado de criminalidade nestes locais, como o uso de álcool e drogas e constantes assaltos, apesar do trabalho intenso das forças de segurança do município nestes locais. Assim, o objetivo principal da 1ª Inspetoria Preventiva Comunitária (IPC) é garantir que este local, continue oferecendo segurança e lazer aos moradores da cidade, trabalhando prioritariamente na prevenção a estes sinistros”, conclui a comandante da GMP, Mônica Aparecida Caldas da Rocha.

Operação Saturação logra êxito com captura de foragido da justiça e recuperação de veículo roubado

Uma ação feita em parceria com o Comando de Policiamento Regional (CPR), desestabilizou a criminalidade em Parauapebas neste fim de semana. Foi através da “Operação Saturação”, realizada em vários bairros, tendo iniciada na noite de sábado (24), quando a operação foi direcionada para o Complexo Altamira, onde foi preso um traficante; já na noite de domingo (25), foi a vez dos bairros do Complexo VS-10, além do Bairro da Paz, Guanabara e Rio Verde, quando não houve nenhuma ocorrência de grande relevância.

O efetivo militar disposto na operação, deu apoio também na cavalgada no Bairro Palmares Sul, onde cessou a perturbação do sossego alheio, levando em conta que após o evento, muitos continuaram com som automotivo ligado.

 

Mas, segundo o Comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Gledson Santos, as ações policiais iniciaram na sexta-feira (23), quando foi recapturado um marginal foragido da justiça e também recuperado um veículo roubado. Ainda naquele dia, a Polícia Militar desbaratou uma organização criminosa que vinha fazendo vários assaltos pela cidade; no local das abordagens, vários objetos roubados foram recuperados, cinco elementos foram presos, um reagiu com disparos de arma de fogo e foi neutralizado, vindo a óbito.

Gledson Santos

 

“A Operação Saturação deverá continuar; já que temos o apoio do Comando geral da PM no Pará e também do CPR, o que nos dá mais condições para realizar esse tipo de ação”, planeja Gledson, qualificando a ação como bastante produtivo.

Reportagem: Francesco Costa  |  Portal Pebinha de Açúcar

Versão de atentado de Júlio César narrada em reportagem no Fantástico é diferente da contada por testemunha

Atentado ou armação? Esse é o questionamento que vem sendo feito nos quatro cantos de Parauapebas sobre o caso do baleamento de Júlio César, candidato a prefeito pelo Partido Republicano Trabalhista Brasileiro (PRTB), que devido a algumas circunstâncias vem deixando dúvidas e uma certa “pulga atrás da orelha” de muita gente.

Na manhã de hoje, segunda-feira (26), a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, entrou em contato com o Superintendente Regional de Polícia Civil, Delegado Thiago Carneiro, que por sua vez, informou que o caso segue sendo investigado pela Divisão de Homicídios de Belém.

A primeira versão do caso foi contada por um empresário que estava com Júlio César no momento do suposto atentado, identificado pelo prenome Cássio, entrevistado ao vivo um dia após o baleamento pelo repórter Vicente Pinheiro, da Rádio Arara Azul FM. “A gente foi cumprir um compromisso de agenda na região da Vila Carimã, de onde saímos por volta das 21h00, retornando para Parauapebas”, narrou o empresário, detalhando que, em uma altura do trajeto foram surpreendidos por um carro atravessado na estrada, estando três indivíduos.
Na sequência de sua narrativa, Cássio diz que, por estar em alta velocidade, por ter outro compromisso em Parauapebas, não conseguiu parar o veículo e logo em seguida jogou o carro para o acostamento, evitando uma colisão, momento em que ouviu os estampidos dos disparos vindos dos desconhecidos que estavam na estrada.

A hipótese apontada pelo empresário é de que seja ato criminoso com motivação política, já que Júlio César é candidato a prefeito de Parauapebas, tendo apoio de lideranças “bolsonaristas”.

 

Já na reportagem exibida no último domingo (25) no Fantástico, programa semanal da Rede Globo, o repórter narrou que o carro de Júlio César foi perseguido por três homens usando máscaras, e que estavam em um veículo na estrada da Vila Carimã. De acordo com o contido na reportagem, um dos “mascarados” efetuou vários disparos, tendo um deles atingido o tórax de Júlio César.

https://youtu.be/hlQGR1OrRO4

 

Polêmica

Para deixar o caso ainda mais polêmico, Gilson Fernandes, vice-presidente do PRTB em Parauapebas, gravou um vídeo e publicou em suas redes sociais, dizendo que o caso trata-se de “atentado fake”.

“Eu quero deixar bastante claro que a minha preocupação é unicamente com a verdade; uma vez que esse atentado foi cogitado por ele e outra pessoa que o colocou na política”, afirmou Gilson Fernandes, no vídeo, continuando a falar com firmeza que esse caso não tem relação alguma nem identidade com o que aconteceu com o então candidato à presidência da república, Jair Bolsonaro, afirmando sua preocupação por estarem usando isso para ganhar uma eleição.

https://youtu.be/mOK0CFs9KMs

 

 

Nesta segunda-feira (26), Júlio César realizou uma espécia de coletiva de imprensa, sem jornalistas de forma presencial e comentou sobre o assunto juntamente com o empresário que estava dirigindo o carro no dia do baleamento e uma intermediadora, como pode ser visto em baixo na íntegra.

O caso segue sendo investigado, agora pela Divisão de Homicídios, em Belém, mas, ainda não foi anunciado nenhum suspeito ou linha específica de investigação. Enquanto as investigações oficiais não apontam detalhes sobre o baleamento, as “pulgas” continuarão atrás das orelhas de muitas pessoas.

Reportagem: Francesco Costa  |  Portal Pebinha de Açúcar

Domingo foi comemorado o Dia do Dentista

Todas as profissões possuem suas particularidades, importância e deveres. Cada uma delas possui uma data especial em comemoração ao dia do profissional, e com os do ramo da odontologia, não é diferente.

Em Parauapebas na rede municipal de saúde em existem 41 dentistas que atendem nas Unidades Básicas de Saúde, tanto na zona urbana, quanto na rural. Antes da pandemia do novo Coronavírus, cada profissional atendia por mês 400 pacientes, Jessica Guimaraens há um mês começou a usar aparelho dentário.
“Coloquei aparelho para deixar meus dentes alinhados, morro de medo de dentista, mas a saúde da boca é importante, mesmo usando estas máscaras que escondem nossos sorrisos”, explica a auxiliar de serviços.

Jessica Guimaraens na visita mensal para reparo no aparelho

O dentista, além de cuidar da saúde bucal da população, são capazes de cuidar tanto da estética, quanto da qualidade da vida bucal das pessoas. Estes profissionais são admirados pelo desenvolvimento de suas atividades, que vão desde a orientação e prevenção de patologias, até aos tratamentos em casos mais graves.

A cirurgiã dentista Rosana Rocha, desde a sua adolescência se apaixonou pela profissão, e quando fez o vestibular, optou pela odontologia, e ela fala que um dos maiores problemas dentro do consultório é o fato do paciente ter medo de dentista.
“Trabalhar como cirurgiã dentista, para mim é a realização de um sonho de quando eu tinha 13 anos, mas no dia a dia encontramos pacientes que têm um medo tão grande do dentista, que só procuram o profissional no último caso, e aí temos que conquistar o paciente para tentar perder o medo ou diminuir essa fobia, para começar o tratamento e prosseguir, pois, muitas vezes em uma só consulta não se resolve o problema na totalidade”, explica a profissional.

Rosana Rocha, desde os 13 anos sonhava em se formar em cirurgiã dentista

Mas todos os profissionais sempre necessitam da ajuda, e Maria Rodrigues, que é técnica de saúde bucal trabalha com a doutora Rosana Rocha, e ela deixa um recado para todos os dentistas de Parauapebas e do Brasil.
“Por vocês dentistas as pessoas podem rir, mostrar sem medo o sentimento mais lindo, que é a alegria em um sorriso, perfeito e branco, Feliz dia dos dentistas”, expressa, com orgulho também da sua profissão.

Maria Rodrigues é Técnica de Saúde Bucal e trabalha na UBS Tropical há mais de 6 anos

VOCÊ SABIA?

No Brasil, comemora-se o Dia do Dentista em 25 de outubro, e foi nesta data, em 1884, que um decreto imperial criou as primeiras Faculdades de Odontologia no país.

Que os dentes são a parte mais dura do corpo humano?
São duros, brancos e cheios de cálcio, mas não são considerados ossos.

E segundo historiadores, a escova mais antiga que se tem notícia é de 3 mil anos antes de Cristo, foi encontrada em uma tumba no Egito.

Reportagem: Adersen Arantes | Portal Pebinha de Açúcar

Pesquisa Data Populi aponta Darci Lermen com 52% dos votos válidos e Valmir com 19,9%

A primeira pesquisa do Instituto Data Populi após o início da campanha eleitoral com as intenções de votos para prefeito de Parauapebas, divulgada nesta manhã de segunda (26), aponta que, caso a eleição fosse hoje, Darci Lermen (MDB) seria reeleito com relativa facilidade.

Segundo o levantamento, o atual prefeito venceria com 52% do total de votos válidos, que são aqueles que excluem brancos, nulos e indecisos – e terminaria com uma confortável vantagem de mais de 32% sobre o segundo colocado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo a pesquisa, o ex-prefeito Valmir da Integral (PSD) aparece em segundo lugar com 19,90% das intenções de votos, o candidato Júlio César (PRTB) vem logo atrás com 17% e é o terceiro colocado. Considerando a margem de erro, os dois candidatos estão tecnicamente empatados.

Na sequência, aparecem Marcelo Catalão (5,30%), Hipólito (3,10%) e Dr. Rubens (1,7%). Apesar da vantagem numérica do candidato Marcelo Catalão, pode-se afirmar que os três estão tecnicamente empatados na margem de erro.

Falcão, Gilberto Sá e Léo da Cervebras foram citados e juntos representam 1% dos eleitores entrevistados.

Votos totais

Nos votos totais, ou seja, levando-se em conta os brancos, nulos e indecisos, Darci Lermen também apresenta boa vantagem sobre o segundo colocado. O atual prefeito teria 41,40% dos votos, contra 15,80% de Valmir da Integral e 13,60% de Júlio César.

 

 

 

 

 

Em seguida, surgem Marcelo Catalão (4,20%), Hipólito (2,50%) e Dr. Rubens (1,30%).

Falcão, Gilberto Sá e Léo da Cervebras somados representam menos de 1% dos entrevistados.

A intenção para votos brancos e nulos (pessoas que responderam que não votariam em nenhum dos nomes listados) foi de 11,50%. Os entrevistados que não souberam ou não quiseram responder somaram 8,90%

65,90% dos eleitores acham que Darci Lermen será reeleito

O Instituto também quis saber qual a percepção dos entrevistados sobre quem tem mais possibilidade de ser eleito prefeito neste ano em Parauapebas. Aos eleitores foi feita a seguinte pergunta: “independentemente de seu voto, quem você acha que será eleito prefeito de Parauapebas? ”.

65,90% dos entrevistados responderam que o candidato Darci Lermen será reeleito, ou seja, mesmo eleitores de outros candidatos acreditam na reeleição do atual prefeito.

 

 

Outros 9,60% pensam que Valmir da Integral será eleito, enquanto 4,90% disseram que o próximo prefeito será Júlio César. Apenas 0,60% acreditam que o candidato Marcelo Catalão será eleito e 0,30% citaram o nome de Hipólito.

Outros nomes foram citados e juntos representam 0,50% dos entrevistados. 18,30% dos eleitores consultados não souberam ou não quiseram responder.

Possibilidade de mudança de voto

O eleitor também foi questionado sobre a possibilidade de mudar de opinião sobre seu voto até o dia da eleição. Para os entrevistados que já tinham candidato, o Instituto perguntou se suas decisões de votos eram definitivas ou se ainda poderiam mudar de candidato até o dia da votação.

69% já garantem que não mudarão seu voto e responderam que a decisão de em quem irão votar é definitiva.

 

Por outro lado, 29,80% dos entrevistados disseram que ainda estão avaliando e podem mudar de candidato até o dia da votação. Outros 1,20% não souberam responder ou não quiseram opinar.

Rejeição

O Data Populi também mediu a rejeição aos candidatos a prefeito, perguntando aos entrevistados “em quem eles não votariam de jeito nenhum”. Nesse quesito Valmir da Integral é o líder e tem 32,80% de rejeição dos eleitores de Parauapebas, Darci é o segundo com 28,80%.

 

A seguir, aparecem Marcelo Catalão (20,80), Falcão (7,10%), Léo da Cervebras (7%), Gilberto Sá (6,40%), Hipólito (6,40%), Júlio César (6,20%). Dr. Rubens Moraes é o menos rejeitado entre os candidatos e aparece com 6%.

Como era possível escolher mais de uma opção, a soma dos percentuais ultrapassa os 100%.

Sobre pesquisa

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos;
  • Entrevistados: 1.061 eleitores em 34 bairros do município;
  • Período das entrevistas: de 21 a 23 de outubro;
  • Nível de confiança: 95%;
  • Registro no TRE: PA-04803/2020.

Fonte: Canal 2N

Deixe seu comentário