Publicidade

Mulher Morre em assalto à ônibus que teria como destino final Parauapebas

Na madrugada desta quarta-feira (08 de janeiro de 2014), por volta de uma hora e quarenta minutos, um Ônibus da empresa Transbrasil foi tomado de assalto na BR 155, que liga a cidade de Redenção a Marabá. O Ônibus fazia a linha Goiânia – GO a Parauapebas – PA, quando passavam por uma localidade conhecida como Posto 70, que fica a 70 quilômetros da cidade de Xinguara, três elementos saíram de dentro do mato atirando em direção do Ônibus.

Segundo o senhor Francivaldo Sardeiro de Souza de 37 anos de idade, que dirigia no momento do assalto, um dos homens apontou a arma em sua direção e disparou por três vezes, no momento dos disparos, Francivaldo colocou o Ônibus em ponto morto e puxou o maneco e correu da cabine para dentro do Ônibus avisando para os passageiro que estava acontecendo um assalto.


Francivaldo disse que o procedimento que ele fez deveria manter o carro sem movimento, mas não foi o que aconteceu, segundo ele o tal maneco deve não ter sido acionado como deveria. Com isso o Ônibus desgovernado caiu na ribanceira e tombou.

Mesmo tendo acontecido o acidente, os assaltantes não desistiram de concluir o assalto. Francivaldo relatou que ficou muito nervoso por que os bandidos falavam cadê o motorista vamos matar esse irresponsável, vendo que ia morrer, o motorista saiu se arrastando por dentro do mato e conseguiu fugir para pedir socorro. Enquanto ele implorava por socorro para os carros que passavam pela rodovia, os elementos tomavam os pertences dos passageiros.

Francivaldo só conseguiu socorro quando uma ambulância do Distrito Rio Vermelho que fica próximo o local do acontecido vinha socorrer as vitimas, Francivaldo ficou surpreso quando o motorista da ambulância disse que tinha uma pessoa morta no Ônibus, pois quando ele saiu estava todos vivos.

Depois que os assaltantes deixaram o local, a senhora Maria Sousa Barros de 60 anos de idade passou mal com muita falta de ar, os passageiros tentaram acalmar a senhora mais não conseguiram reanima-la, dona Maria não resistiu e faleceu provavelmente ela deve ter sofrido um infarto.

Alguns passageiros sofreram escoriações leves e foram socorridos por duas ambulâncias e foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), cidade de Xinguara. O motorista Francivaldo registrou um (B.O) Boletim de Ocorrência na delegacia de Polícia Civil e agora o caso vai ser investigado pelo delegado Luiz Antônio e sua equipe.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu