Publicidade

Suspeito reage em abordagem policial, é atingido por dois tiros e morre no hospital

Ao ser abordado em atitudes suspeitas por uma guarnição da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas), Fábio Rodrigues Alves, 26 anos, sacou uma arma e apontou na direção dos policiais, mas foi atingido primeiro com dois disparos.

Socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros, Fábio Alves foi levado às pressas para o Hospital Municipal de Parauapebas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O fato ocorreu por volta das 19h50 deste sábado (10) na Rua Amazonas com a Duque de Caxias, no Bairro Rio Verde, em Parauapebas.


De acordo com o que apurou a reportagem junto à polícia, a guarnição da Rocam foi informada pela central de rádio da Polícia Militar que dois indivíduos estavam praticando roubo numa motoneta Biz de cor preta nos bairros Liberdade, Rio Verde e Nova Vida.

De posse das informações, os policiais localizaram e abordaram a dupla e o da garupa da moto sacou um revólver calibre 32 e apontou na direção de um soldado da guarnição, mas outro policial agiu mais rápido e atingiu o suspeito com dois tiros.

Em declarações prestadas à reportagem deste portal de notícias, Caique Alves, 22 anos, que pilotava a motocicleta na hora da abordagem policial, explicou que Fábio Alves tomou emprestada a moto e pediu que o levasse até uma banca para ele comprar espetinho.

“Fomos abordados pela polícia e o Fábio estava armado, mas eu não sabia”, nega Caique Alves, afirmando que é inocente e que o colega é bombeiro civil e trabalhava em Carajás.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu