Publicidade

Acusados de homicídio, três guardas municipais de Parauapebas são presos em Jacundá

Durante a noite da última sexta-feira (4), por volta das 22h00, a Polícia Militar do Município de Jacundá-PA foi acionada via celular e recebeu uma denúncia de que na Vila Janari, zona rural da cidade de Goianésia-PA tinha acontecido um homicídio e que os supostos assassinos teriam fugido em um carro Prisma de cor preta.

Com as informações recebidas, os policiais que estavam na guarnição composta pelo Sargento Elias, Cabos Paiva e Amorim e Soldados Abreu e Valente, em buscas pela Vicinal Mourão Madeira, conseguiram identificar o carro preto e abordaram três pessoas, que após as averiguações, foram identificadas como sendo  guardas municipais do município de Parauapebas.

Saraiva publicidade

Em revista no automóvel, os policiais militares encontraram três pistolas 380. Na hora das revistas, os militares estranharam o fato dos três guardas municipais de Parauapebas estarem armados, uniformizados e em uma área que não pertence ao município que eles trabalham.
Os três abordados foram interrogados pelos policiais militares, porém, como as respostas não os convenceram, os guardas municipais foram conduzidos e apresentados na Delegacia de Polícia Civil em Jacundá.

Apesar do homicídio ter sido registrado em área do município de Goianésia, os três guardas municipais identificados como Giego Lucio Santos de Oliveira, Raimundo dos Santos Matos e Raimundo Nonato Garcia foram presos no município de Jacundá, e por esse motivo foram encaminhados para aquela cidade.

Agora as polícias Militar e Civil irão montar inquérito para saber se os guardas municipais têm ou não envolvimento no homicídio registrado no município de Goianésia do Pará.

Vale ressaltar que a Guarda Municipal de Parauapebas não é armada, ou seja, as armas encontradas com os acusados não são da Prefeitura Municipal de Parauapebas.

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com Sérgio Pastana, atual Comandante da Guarda Municipal de Parauapebas, que por sua vez, afirmou que pelo motivo da ocorrência ter acontecido em outra cidade, ainda está colhendo informações concretas. “Sabemos o que vem sendo noticiado na imprensa, que três guardas municipais foram detidos na cidade de Jacundá. Estamos aguardando informações solicitadas na polícia daquele município para maiores detalhes”, relatou o Comandante que se colocou à inteira disposição de nossa equipe de reportagens.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu